MENU Buscar NSK - Motion & Control

A NSK tem trabalhado sua expansão na América do Sul com destaque para a unidade da Argentina, considerada a segunda operação mais importante da América do Sul para a empresa. O país, juntamente com Paraguai e Uruguai, consolida um mercado estimado em USD 125M valor FOB de importação (Fonte: te-sys.com.ar).

Desde 1999, a NSK atende os clientes da região com um escritório em Buenos Aires, uma filial na cidade de Córdoba e dois estoques, sendo um na capital (principal, produtos nacionalizados) e outro na cidade de La Plata (FTZ). Os principais segmentos atendidos pela NSK no mercado argentino são os de Alimentos e Bebidas; Papel e Celulose; Metais (Siderurgia e Alumínio); Óleo e Gás; Agrícola; Indústria Geral; e Aftermarket Automotivo.

A maioria dos negócios no país é realizado no mercado de reposição industrial e automotivo, além de vendas para os fabricantes OEM (Original Equipment Manufacturer), e serviços de Engenharia, sendo  boa parte dos rolamentos comercializados na Argentina importados .

Centro Tecnológico próprio é referência e atende mercado argentino

Inaugurado no ano de 2008, o Centro Tecnológico da NSK na América Latina está situado no Brasil. O BTC (Brazilian Technology Center), oferece suporte técnico para análise de falha de rolamentos e realização de testes de homologação de produtos dos setores industrial e automotivo para os clientes da NSK na Argentina, Paraguai e Uruguai.

Localizado dentro da planta da NSK em Suzano, na cidade de São Paulo, o BTC foi o 14º entre os dezesseis da companhia espalhados pelo mundo. Antes de sua criação, os testes para a homologação dos rolamentos na América do Sul eram realizados na sede da empresa, no Japão.

Instalado em um prédio que possui 1.350 m², o local possui salas para ensaios de fadiga, inspeção de rolamentos e análises de falhas, avaliação de produtos de precisão com temperatura controlada, assim como câmara semi-anecóica para medição de ruído.

O BTC é composto por modernos equipamentos que permitem à NSK realizar análises de metrologia, tribologia e metalografia, análise química de materiais e de lubrificantes, além de ser capacitado tecnicamente com equipamentos de testes para homologar os rolamentos e, desta forma, atender as mais exigentes demandas das montadoras e da indústria sul-americana.

A peça com problema é enviada para o Centro Tecnológico no Brasil, testada e analisada para verificar quais são os problemas. Em seguida os engenheiros do BTC fazem o laudo técnico da análise e enviam ao cliente.

“ A cada ano estamos investindo mais na unidade da NSK na Argentina, para que ela tenha mais autonomia, reforce a área de vendas e prepare a NSK no chamado Cone Sul para um crescimento sustentável e o desenvolvimento de novos negócios,” finaliza Danilo Soares, Gerente de Vendas da NSK Argentina.

Cookies no site da NSK

Nós usamos cookies para garantir que nós damos-lhe a melhor experiência em nossos sites e aplicações web. Ao continuar sem alterar as configurações do navegador, vamos supor que você deu o seu consentimento para receber cookies. No entanto, você pode alterar a configuração de cookies do navegador a qualquer momento.